quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Old Montreal - 11 / set / 2006

Peguei o dia p/ fazer as tarefas domesticas... Lavar roupa, comprar creditos p/ o celular, trocar dinheiro, e só entao fui conhecer algo novo na cidade, a parte velha ;)

Estava só nesse dia em Montreal, mais uma vez. A San ficava na casa do Steve nos fins de semana, e durante a semana ela viajaria comigo. Assim estavam nossos planos. Ficar a passeio sozinho numa cidade como Montreal nao é uma coisa que podemos chamar de divertido. Foi legal? Claro! Mas poderia ter sido bem melhor com mais alguem p/ ficar tirando sarro de algo, fazendo piadas ou devagando sobre as diferenças entre o Brasil e o Canadá. A multidão as vezes nos isola, e p/ piorar ainda havia o problema da lingua. Nao fiz amizades fortes o suficiente p/ sair e fazer algo em conjunto. Por exemplo: conheci lá no albergue varias pessoas, dois garotas brasileiras lindas, um dinamarques, um japones, e um bando de gente que nao lembro a nacionalidade, outro brasileiro que tb fazia parte do Canada Immigration do Yahoo, mas cada um tinha seus trajetos. Me restou ir a outro dia de muitas fotos e descobrimentos solitários.


Realmente a parte velha da cidade é muito bonita. Nunca estive na europa, mas pelo que ja vi de fotos de lá, lembra um pouco. Ruas nao muito estreitas, mas nada de avenidas. Predios cinzas, canteiros floridos, lojas de artes, e muito suvenirs.

Nas andaças me lembrei de uma de minhas pendencias, comprar meus patins! Fui na "Ça Roule" que é uma loja especializada em patins e aluguel tb. A encotrei nas minhas pesquisas no google, antes da viagem. Fui lá... o primeiro cara q me atendeu nao foi nada atencioso... sai, mas voltei logo depois decidido em comprar de vez aqueles trambolhos, mesmo estando longe do final de minha viagem, e sabendo tb que teria de carrega-los por muitos lugares ainda. Na segunda vez quem me atendeu foi o dono da loja. Cara bem simpatico que atendeu com o maior prazer e paciencia meu pedido de fazer a venda apenas em frances, mesmo se eu chiasse e começasse a falar em inglês. Comprei então um par de patins Salomon, mais mochila p/ carrega-los, além das joelheiras, cotoveleiras e munhequeiras. Deixei as compras lá e fui passear. Somente apos o final de meu passeio passei novamente e peguei as compras... Dica: nessa época pós verao, é baixa temporada de patins, por isso a loja faz promoçoes p/ acabar com o estoque, e os patins, e acaba tendo as promoços de queima de estoque, com preços as vezes menores da metade do preço. Os meus eu paguei 70 dolares, isso pq eram praticamente os ultimos do estilo que eu queria. Por sorte eram meu numero. Se eu tivesse vindo duas semanas antes ele comentou que teria muito mais diversidade e com preços ate melhores.














Sai dalí e fui margeando o rio Sao Lourenço, onde tem um parque. Do outro lado do rio fica a ilha onde há o Parc Jean Drapeau, onde tem a Biosphère, e... a Biosphère... e tb a Biosphère. Afinal... sei lá o que tem nessa ilha além disso! Vou ter de descobrir no proximo FDS que estarei aqui de volta. Alí perto dessa ilha tb, do outro lado do rio, encontrei p/ a minha surpresa o "Habitat 67". So nao sabia como chegar lá... Fica p/ proxima.




















Quando estava voltando a memoria de minha maquina encheu (1gb!!), por isso a noite sai p/ comprar DVD p/ gravar minhas fotos. Tb aproveitei p/ ver umas camisetas p/ a Anna e praticar mais frances com as coitadas das vendedoras...hahahha.










Um comentário:

LiLiX disse...

Quanto tempo de aula de frances vc fez?
hahahahahahhaha coitadas das vendedoras.
Vc vai ficar quanto tempo por aí?
Aff...quanta pergunta!!! tá...por hj é só :P
Té!