terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

1 ano no Quebec !!! :D

Hj fazemos um ano de Québec! Um ano de correria, ajustes, coisas novas... a cada dia.
Durante todos esse período nos estabelecemos em 2 endereços diferentes, fizemos varias amizades, perdemos algumas, descobrimos os prazeres do verao daqui, do inverno, e tb os desprazeres de viver em um lugar mais atrasado em muita coisa em relação "terceiro mundo", apesar de mais rico e seguro.
Vou fazer um pequeno resumo desse ano, repetindo algumas coisas q ja falei aqui, mas apenas com a intencao de listar como foi que os planos aconteceram, ou tiveram de ser modificados.

Moradia
Nossa ideia era chegar com algo ja alugado. Pesquisei algumas coisas e nao encontrei nada que me deixasse seguro em alugar sem ver de perto. Nosso amigo Pedro indicou uma amiga de Gana q estava deixando seu 4 1/2 antes do fim do contrato. 2 meses antes de nossa chegada conversei com ela via e-mail e resolvemos pegar o apartamento até julho. Ao chegarmos entrei em contato com ela... e ela furou. Entrei em depressao por um dia, e no dia seguinte saimos a luta. Graças a Dafne, esposa do Pedro, convenceu outra amiga (até entao :) de alugar o 2 1/2 q estava parado para nos. Ficamos la ate julho, quando saimos p/ o q deveria ser o aparmanto definitivo. Mas julho chegou e vimos q o q haviamos alugado era um tanto quanto velho, e os detalhes q antes nao vimos devido a rapida corrida q demos no dia que o conhecemos, foram aparecendo ao longo dos meses seguintes, alem dos milhares de problemas novos que fomos sorteados. Goteira na cozinha sobre o fogao, rato visitando nosso armario da cozinha, correntes de ar durante o inverno, porta principal q nao fechava mais devido ao batente estar cedendo, rachadoras na parede que reaparecem apos passar massa corrida... ufa... e para terminar, uma concierge q como sempre falo, é a mesma coisa q nada. Entramos na justiça para abandonar nosso bail, e nossa audiencia sera dia 03 de março. Veremos o q acontecerá em breve. O que importa é q o apartamento definitivo de verdade ja esta garantido para julho próximo. Lá sim estaremos muito bem estabelecidos por um longo longo tempo!


Língua
Cheguei aqui com um frances comunicavel, e uma compreensao mediana. A Anna só chegou com o medo da lingua, de fala-la ou de escuta-la. Dois meses apos nossa chegada foram suficiente p/ desbloquear o frances da Anna, e o meu frances foi ficando cada vez mais tranquilo. Apos um emprego de um mes a Anna ja podia se comunicar um pouco, e com as aulas de frances do Centre du Phénix ela ficou mais segura. Tres semanas de francisacao para ela foram o suficiente para ela notar q ela perderia muito tempo la enquanto poderia aprender o mesmo e ganhar dinheiro enquanto isso. Foi ai que ela saiu para a vida e seu frances deslachou, trabalhando como camareira. Foi algo impressionante como ela aprendeu a lingua, mas agora falta estudar p/ fala-la bem.... ou melhor, precisamos.
Eu ainda tenho reclamacoes com o meu frances, mas com certeza esta umas 5x melhor do que quando cheguei. Nao estudo por conta própria, e enquanto trabalhava durante a noite nao sobrava tempo p/ estudar nos cursos que acontecem durante o dia. Incompatibilidade de horarios. Ainda tenho essa pendencia para cumprir, mas acredito q so sera possivel quando eu trabalhar num horario de gente normal.

Estudos
Estudar frances, para depois nos tornarmos alunos de algum curso profissionalizante. Era essa nossa ideia. A principio iria virar carpinteiro, mas descobri q meu corpo poderia nao aguentar. Mudei p/ desenhista em AutoCAD, mas como nao tenho visto mais ofertas de emprego como antes, desisti tb. Pensei em retornar a informatica, e é essa a ideia atual, coisa q nao precisarei estudar mais nada... heheh. A Anna ainda esta se decidindo o q fazer da vida. Nao esta com tanta pressa. A unica coisa q nos falta nesse momento é estudar a lingua... Demos muita enfase em termos um conforto razoeavel em nossa casa q acabamos sem tempo p/ nos dedicar a um curso de frances. Sem um bom dominio da língua, as boas oportunidades se fecham e ficamos presos a empreguinhos sem-vergonhas.

Trabalho
Fizemos um tour de carreiras nesses ultimos 12 meses. Começamos com um salario de 8,5/h cada um na fabrica de doces, e o que era para ser 40h/semana se mostraram ser umas 20hs/semana. Saimos, virei metalurgico por 3 semanas a 10,25/h, sai para um redirecionamento profissional e virei montador eletronico apos 2 meses. 5 meses numa boa compania e graças a crise americana fui demitido. Agora estou temporariamente em outra metalurgica, até q uma boa oportunidade na area de informatica apareça. A Anna virou camareira por meses, começando a 12,75 e ao sair ela ganhava 13,57/h. Ainda trabalhou por uma semana na rede Fairmont em La Malbaie, mas depois disso caiu o salario ao entrar no supermercado Le Jardin Mobile onde esta nesse momento.

A mudança de emprego é muito fácil durante os meses menos frios. O inverno nos mostrou q perder o emprego nessa época nao é bom negocio se vc nao estiver preparado economicamente para esperar uma boa oportunidade para os meses seguintes. Os sub-empregos ficam bem disputados durante o inverno.
Ao chegarmos eu me dava ao luxo de escolher o q eu gostaria de fazer, recusando as vezes varias propostas de trabalho num mesmo dia. A Anna ao ser contratada como camareira pela primeira vez ficou recebendo ligacoes de outros hoteis ate mais de uma semana depois de ja ter começado. A rede hoteleira contrata bastante, mas é um serviço quase q escravo.
Metalurgicas tb pedem muita mao de obra, mas realmente nao é serviço p/ qq um, alem de vc nao praticar muito a lingua, pois as pessoas q trabalham por la nao sao la muito simpaticas e nao nos inspiram muita conversa...rs. Conversar com imigrantes nesses sub-empregos é o q distrai, pois sao os que geralmente possuem mais cultura e tb estao la por uma necessidade temporaria.
Para pegar um sub-emprego, deve-se estar com seus objetivos bem definidos e nao perde-los de foco. A batalha nao é facil, mas para quem é persistente, aqui ainda há espaço p/ vencedores.

Lazer / Cultura
Chegamos no inverno, sem muito dinheiro para lazer, e muitas obrigacoes a serem cumpridas. Nao aproveitamos os prazeres dos nossos primeiros meses, nem dos segundos...muito menos dos terceiros :) Somente curtimos um pouco o Festival de Verao, algumas festividades gratuitas dos 400 anos da cidade. Ao estarmos os dois trabalhando, comecei um planejamento p/ nao perdermos a oportunidade de aproveitar o inverno seguinte. O primeiro ano para nós nao foi dos mais divertidos, mas as ultimas semanas têm sido as mais divertidas dos ultimos tempos. Compramos nossos patins de gelo, esquiamos algumas vezes, conhecemos muitas pessoas, fizemos diversos passeios e o ano que se segue promete mais, pois agora sabemos onde podemos gastar nosso tempo livre. Com dinheiro no bolso tudo fica mais divertido...rs.

Consumo
Consumir faz parte de nossa cultura, e a daqui tb. Visto q pra qq coisa aqui é necessario ter um historico de credito (mesmo p/ pegar um plano de celular pós-pago) priorizei isso logo na primeira semana q chegamos. Tentamos alguns creditos meses depois q chegamos e fomos recusados. 8 meses depois de nossa chegada e as portas ja estavam se abrindo... 10 meses elas estavam escancaradas com um gigantesco cartaz dizendo "COMPRE! COMPRE!". Pegar um cartao de credito ao chegarmos foi uma das coisas mais certas q tinha e mente e que fiz. Um ano depois, tenho certeza de ja poder entrar em algum lugar e poder comprar o que me der na telha, mesmo sabendo nao ter dinheiro para isso. Auto-controle, uma boa educacao financeira e planejamento domestico sao virtudes para todos aqueles q nao queiram se queimar com a possibilidade de se enforcar tao facilmente aqui, comprando besteiras. A tentaçao foi grande, mas um segurava o outro.

Economia / Finanças
Ahhhh economiaaaa.... mas existiu economia por aqui? A quantidade de gastos nesse ano foi recorde! Nem vou perder tempo convertendo dolares em reais, pois os reais agora sao totalmente irreais... sao fruto de nossa lembrança !
Vejamos alguns graficos. Mesmo sem as cifras vcs poderao ter ideia do que foi esse ano.

Foram gastos no total mais de 40.000 dolares no ano...

As maiores despesas foram o Carro (se somarmos todos os custos q ele envolve, como gasolina, licença, habilitação, manutencao e ate lavagem), as compras para a casa (desde copos até a cama), o aluguel, comida (e olha q ainda pegamos ajuda alimentar da igreja por algum bom tempo).
Alguns dados que gostaria de comentar:
  • aluguel = 6200
  • compras da casa = 7900 (95% delas 0km)
  • gasolina = 1300 (houve muita flutuacao de preço no ano)
  • telefone + internet = 900 (mais importante q tv a cabo)
  • onibus da Anna = 700 (a sofredora da casa...rs)
  • celular = 1000 (compra dos aparelhos + plano casal com ligacao livre entre os dois)
  • eletricidade = 280 (o aquecimento sempre esteve incluso no aluguel)
Os dados nao estao completos pois faltou 1 mes na contabilidade, mas ja da para se ter uma ideia como o dinheiro voa... seja aqui, seja no Brasil.

Para conseguirmos montar a casa, comprar roupas de inverno e ainda juntar dinheiro p/ nos divertirmos na estacao do fim do ano tudo ao mesmo tempo, tomei a estratégia que li acredito lá no site da transunion que sugere "poupe antes de seus compromissos", ou algo do genero. Segui essa filosofia e ela acabou nos dando uma base p/ alem de nos divertirmos, pudemos ficar os dois desempregados sem tanto aperto, mas por pouco tempo. Gostei da estratégia... e assim q as coisas voltarem a melhorar voltaremos a segui-la.

O ponto que mais importa... mesmo com 2 empreguinhos de meia-tigela a economia esta na direcáo certa... PARA CIMA!! :D




Integração
É uma coisa q ainda nao aconteceu direito. Conhecemos as pessoas, mas amigos mesmo só brasileiros, mexicanos e nacionalidades diversas... Quem sabe um dia, com um emprego mais fixo, melhor, e com gente menos ignorante (...rs...) isso possa acontecer... Nao estou mais preocupado com isso. Se eles nao gostam muito de se misturar, que pena para eles.

O tempo e nossos planos
E o q faremos daqui para frente? "O de sempre Pink, vamos dominar o mundo!!!"

21 comentários:

Ricardo disse...

Oi Luiz, excelente post ! Parabéns pelo primeiro ano. Esta é uma primeira grande conquista que será base para outras futuras. Abraço.
Ricardo

GisaFreitag disse...

Muito bom os comentários, ainda mais para quem planeja um dia imigrar. Parabéns pela superação nesse primeiro ano.
Bjs!

Anônimo disse...

Excelente!!!
Keep on going!
Let's rule the world!!! :)
Beijinhos
Sara
snvasconcelos@yahoo.com.br

Lucas disse...

Ótimo post! Parabéns pelas conquistas nesse primeiro ano. Estava calculando um gasto no primeiro ano de CAD 25.000. rsrs

Um abraço,

Lucas & Roberta

http://projetocanada.wordpress.com/

Rossana disse...

Paaarabéns pelo primeiro ano amigos!!
O post tá muito bom!! Você devia considerar a carreira na área de comunicação Luiz! hahaha Escreves bem!!
Pois é isso!! Parabéns pela superação!! Que venham dias ainda melhores!!

Beijocas

O casal disse...

luiz.... valeu pelo post.... utilidade pública!
já estou copiando ele e mandando pra minha esposa pra ela ler....

parabéns pelo primeiro ano... pelo q vejo está tudo dando certíssimo....

ps- meus exames ainda nao chegaram em TT... devem chegar até quinta!!!

abração!

Eli em Québec Ville disse...

O ":D" significa o fim do blog?

Um ab

Wellington disse...

parabéns pelo primeiro ano....
muito bom o post... heheheheheh

agora me diz qual programa financeiro vc está usando... o bom e velho excel?

abraço

Bruno Lucena disse...

Realmente, esse post foi o melhor da regiao, claro que pela visao geral que da a todos que passam por aqui e acompanham a evolucao de voces. Parabens mesmo, acho que esses sao os passos que devem ser dados por pessoas que desejam crescer com o pe no chao. O lance do consumismo mesmo e uma coisa que temos que ter muito cuidado e voces tiveram. Parabens mesmo e se tiver um apzinho desses coloca o papai na fita. Abracos...se nao fizer isso olha que nao levo aquela lata de leite moca....hehehe

Rossana disse...

uahauauahauha
Pois assim que eu chegar por aí te dou um curso de fotografia!! Daí você sai fazendo mil fotos pro por aí!!

Giselle e Rogério disse...

Então tá, né? Vamos dominar o mundo! rs rs rs
Um abraço!

GisaFreitag disse...

A primeira idéia era ir para Gatineau pela proximidade de Ottawa, já que meu marido não fala muito bem francês.
Agora resolvemos arriscar e tentar o processo federal e pode ser que isso mude.
Ainda estamos na fase de sondagens, fico procurando onde teríamos mais opções, me atrai Quebec pq o suporte ao recém chegado me parece maior.
Bjs!

LiliX disse...

taí um cara sincero!
ótimo post como sempre
:)

Fabiane Camargo disse...

oi Luiz, seu post está excelente, muito informativo e útil pra nós que pretendemos imigrar, por favor continue sempre contando tudo que acontece por ai, já virou leitura diária nossa :)
Desejo muito mais sorte para 2009, tenho certeza que as dificuldades são muitas, mas a vontade de vocês 2 supera qualquer coisa.
grande abraço

Ronnie disse...

Muito bom!
Parabéns pelas vitórias!
Sou um fã do blog de vcs!
Boa SOrte com tudo sempre!

http://caroad.wordpress.com/

Lidiane disse...

Ótimo post, está de parabéns!!
Isso só faz aumentar em nós o desejo de chegar logo aí!!!!! =D

Anne, Samir e Gabriel disse...

Aaah.. ótimo post!!! Legal ver que as coisas nem sempre são um mar de rosa, mas que com mt força de vontade, dá pra mudar a situação...

Beijos...

Anne

Cleber Silveira Moraes disse...

Olá. Eu e minha esposa também pretendemos imigrar para Gatineau. Ainda vamos fazer a entrevista, mas estamos bastante ansiosos. Li no seu blog a seguinte frase: "...tb os desprazeres de viver em um lugar mais atrasado em muita coisa em relação "terceiro mundo", apesar de mais rico e seguro", e gostaria de saber o que você quis dizer com "...atrasado em muita coisa...".
Obrigado e parabéns pelo blog!!!

Les Cariocas disse...

Olá!! valeu pela força! e parabéns pelo niver de Quebec!! muitas vitórias alcançadas!
Te coloquei no ''Meme'' tá ?
Grande fim de semana pra vcs !!!

Lely disse...

Parabéns pelo aniversário!
Seus posts são bem detalhados e interessantes! Dá pra dar uma luz sobre a vida do imigrante.
Muito bom!
Valeu! :D

Boa sorte no ano de 2009!!

Beatriz disse...

É difícil encontrar um blog tão "realista" como este!

Mas isso é o que bota nossos pés no chão. Nem só de sonhos vive o homem, e como sonhar pode custar caro às vezes, o melhor é ter em mente que nem tudo são flores e que podemos passar por mal bocados sim!

Uma pena vcs terem tido tanto problema com o aluguel (aptos ruins) e essa coisa das pessoas não estarem a fim de se misturar, como vc disse, pode ser coisa do "meio". Mas espero que melhore.

Valeu pelas informações! Abraços!