terça-feira, 28 de abril de 2009

Quebec X Montreal

Olha só, eu choro... chio... reclamo... mas gente, isso é so por esporte. Acho q sou reclamao por natureza, faço com amor ...e faço bem! Nao me entendam mal, o blog acaba sendo uma valvula de escape, e vcs acabam absorvendo tudo de bom...e de ruim por tabela. Aqui tem muitos problemas, mas o Brasil tb. Outro dia estava conversando com alguem, q nao me lembro quem, comentando q "quando estavamos no Brasil nossos problemas eram bem definidos. Viemos para cá e esses problemas agora sao coisa do passado. Hoje em dia temos novos problemas...". O q queria dizer com isso é q quando resolvemos o q nos aflinge, coisas menores q antes nao percebiamos passam a ganhar nossa atencao. Os problemas do passado.. oras...agora sao passado!
Nao sei se ando falando muito mal por aqui da cidade, mas se o fiz so quero dizer q, mesmo cheia de probleminhas eu gosto daqui. Vou morar o resto da minha nela? Nao sei dizer mesmo... Ainda tenho vontade de ir para o lado de lá.... mas nao estou desesperado. A saude é uma porcaria tanto la como ca... entao nao tenho para onde fugir.

Nessa ultima semana, embora eu tenha ido apenas para Montreal deu para sentir um gostinho de uma cidade menos provinciana q a capital (olha as reclamacoes ai brotando de novo...rs). Fui fazer meu curso de Solaris, com tudo pago, dei umas voltas no Parque Mont Royal (fotos), comi uma pizza com meus amigos "gente boa" (Sergio e Natasha) e conheci tb a familia inteira do Wellington (muito simpaticos, por sinal... ). Ele me ofereceu uma carona até o Caipirisima e fomos todos comer coxinhas, pasteis e tomar suco de fruta de verdade (sem goma guar, acidulante ou espessantes, nem amerelo IV!!!). Para quem mora por aqui acho q é uma parada obrigatoria. La ainda re-econtrei por acaso a Bianca Saia, da radio-canada... Gente bonissima tb.








Havia uma vaca no meu caminho. No meu caminho havia uma vaca

Mas... conversando com o Wellington, descobri q eu teria problemas para voltar para a minha cidade. Se derem uma olhada no meu post anterior, comentei algo de "me lembrar como era andar em escada rolante" ...rs. Pois é, o Eduardo daqui da cidade ficou sabendo disso e disse a ele que colocaria uma vaquinha me impedindo de entrar de volta na capital. Na realidade nao era uma vaquinha, e sim duas! Uma na entrada da frente, e a outra na de tras...hahahahah. A sorte é q ficou só na ameaça e tudo acabou bem. Entrei sem problemas e ainda fui no aniversario da esposa dele, a Catarina.

No aniversario, conversando com ele sobre o "perigo" q passei de dormir do "lado de fora da cidade por uma noite" acabamos falando sobre o velho e batido tema "a cidade que temos de escolher para morar no Quebec".

Desde que comecei o processo de imigracao a uns anos atras, sempre existiu a duvida, "...mas para qual cidade iriei?". Sem estar aqui é mesmo dificil escolher. Mesmo para mim q ja havia visitado a cidade, o ponto de vista de um visitante é bem diferente de um morador. Ter visitado é algo muito bom, com isso ja da para ter ideia se tal cidade nao tem nada a ver conosco. Mas morar é outra coisa. Sempre nas reunioes de futuros imigrantes havia umas disputas sobre qual era a melhor estrategia, chegar numa cidade onde houvesse mais empregos (Montreal), ou numa onde teria um melhor padrao de vida (Quebec), e discussoes mais calorosas e apaixonadas acabavam rolando, mesmo sem as conhecerem.

Gosto de Montreal....
Montreal é legal... eu gosto de lá. É uma cidade onde há o q fazer a noite (quando temos dinheiro :), muitas opcoes de comida diferente fora os fast-foods norte-americanos, pistas de esqui nao absurdamente distantes (tem de se planejar um pouco), um povo bonito (tentacoes a cada esquina...ai ai ai meu Deus!!! rs), e salarios bons (quando bem empregado). Mas recomeçar a vida lá nao era para mim. Acho q para aproveitar a cidade devemos estar com um bom emprego, senao a cada esquina nos deparamos com uma tentacao diferente, e nossas economias nos restringem demais no que fazer nesse recomeço. Se aqui na cidade de Quebec ja é assim, la seria muito pior.

...mas tb gosto de Quebec
A cidade de Quebec ja é muito mais tranquila em comparacao a MTL. A Natasha me perguntou "e aí Luiz, depois de um ano o q acha da cidade? Nos fale os pontos positivos... e os negativos tb". Eu respondi o q sempre falo: o bom daqui é q é tranquilo... e o ruím é q é tranquilo demaaaaais!!! Quem tem uma fonte de renda boa encontrara diversao mais diversificada, "pero no mucho". Um problema daqui é q para algumas diversoes (shows por exemplo) vc nao pode dormir no ponto, senao os ingressos acabam num piscar de olhos. Cidade onde nao tem muita coisa pra fazer, quando aparece ja viu, né! Essa é a realidade.
O show do ex-Supertramp, Roger Hodgson esgotou a jato, cirque de soleil, hahah..CELINE DION (urgh...rs), todo mundo q é famoso acontece o mesmo. E no dia do Paul McCartney... vixi... foi ver o parque Plaines d'Abraham se transformar num verdadeiro lixao. Nunca vi a cidade tao suja quanto aquele dia. Nos sentimos num aterro sanitario, andando sobre lixo em vez de grama.
Mas, tirando esse tipo de programacao quem nao acontece todo final de semana, a cidade é linda, tranquila, sem violencia na rua, poucos roubos..de carros...de bicicletas, tb tem emprego (em menor numero, claro) e coisas q nem sempre todos se interessarao da mesma maneira. No final o q conta é q a escolha é muito pessoal.

O melhor mesmo acho q seria chegar e dar uma pequena passeada por algumas das cidades, como Montreal, Quebec, Toronto, e outras menores e insignificantes...como "Gatineau" (hahahha). Claro, isso é o q acho q muitos gostariam de fazer mas nao têm condicoes, mas p/ mim isso sim seria o ideal.
Perguntei para o Wellington se ele gosta da cidade e se pensa um dia em se mudar. Ele disse q nao... fez a escolha certa. É certo q ha problemas como o pedinte q flagrei com minha camera na foto abaixo....



...mas se vc nao der nada ele nao rouba. No maximo poe vc pra correr...rs. Mas a cidade é legal.

Seçao de bobeira
Outra bobeira q nao influi em nada na escolha da cidade é o fato de Montreal ser cinza... ou marrom. Quase nao existe cores no centro da cidade, com excessao dos neons, placas de propaganda e letreiros dos comercios. Tudo é cinza... marrom... ou espelhado.





























Como podem ver, estudei muito quando estive la em MTL...heheh. Nao duvido nada q algum engraçadinho ainda venha me perguntantando se fui la estudar fotografia em vez de informatica. Vai...fiz milagres com minha "xereta" digital!











10 comentários:

Taty disse...

Ai, amei o post... te falar que esse ponto de "pra onde vou" é uma coisa que eu penso muito.... pq tb é duro vc ir pra um lugar, se adaptar, fazer amigos e depois pensar bem né.... não que pra quem já mudou de país seja difícil, mas pra que isso mais uma vez em menos de um ano? ;)

Ricardo disse...

Ae Luiz ! Agora sim ! Tava faltando umas fotinhos para ilustrar melhor suas aventuras. Continue assim heim ! Risos !

Excelente post ! Abraço !

Ricardo

Bruno Lucena disse...

Grande Luis, post super interessante ainda mais para quem esta no Brasil, com um pé a e outro aqui. Adorei a sugestao de conhecer as cidades...como alugamos um ap por 45 dias...poderemos fazer o tour para ter uma ideia melhor. Abração, excelentes fotos e estamos chegando.

Anônimo disse...

Pois é Luiz...ainda estou no Brasil e tinha estas questõs em mente... Aí, entre prós e contras acabei escolhendo Quebec. Espero nao ter feito a escolha errada...Mas só chegando aí pra conferir.
Abs

Priscila

Les Cariocas disse...

Oi Luiz... que pena nao termos nos conhecido pessoalmente,vai ficar mesmo pra quando nós formos aí...
Olha sua dúvida se deveria ir pra Montreal ou pra Québec é a mesma que tinhamos no início,e como sabe tivemos em dúvida novamente recentemente...mas... quando vc fala que é tranquilo demais,é quando vemos que nao é pra gente não... acho que ia enlouquecer numa cidade ''tranquila'' hoje em dia,rsrs.. mas, se mudarem de idéia um dia adoraremos ser seus vizinhos,viu ? nao os vemos mais on line no Skype,quando entrarem, chamem, ok ? bjs !

Mirian disse...

Se você voltar daqui uma semana vai ver que a cidade vai ficar muito mais colorida.

* Thoru * disse...

Olha, vou te falar que pra quem mora em SP, Mtl nem parece tão cinza assim!rs mas quero ir conhecer com meus próprios olhos =D

Quase certo que em outubro eu esteja em montreal. Quero ver tudo ao vivo!rs

Bjus!

Déia disse...

Oi Luis, acredite é a primeira vez que entro aqui..eu acho, mas gostei muito de "ver" o seu ponto de vista, ôh coisinha difícil é decidir a cidade, ainda mais quando se tem família. Mas para quem sai daqui-Brasil,vale tentar, e tentar novamente quem sabe. Então tentaremos...
Valeu!
Andreia

Anônimo disse...

Completando a frase "quando estavamos no Brasil nossos problemas eram bem definidos. Viemos para cá e esses problemas agora sao coisa do passado. Hoje em dia temos novos problemas...".

Muitas vezes o imigrante chega pensando que aqui « é tudo de melhor » que o Canadá tem tudo que o Brasil tem de bom e mais ainda, e que apenas o clima é muito duro. Apenas para dizer que isso é relativo cito um exemplo, no Brasil o código do consumidor é muito bom, todo produto tem sua data de validade bem visível e clara, aqui isso deixa a desejar, tem quem se espanta quando fica sabendo que tem produto que não tem data de validade impressa. Aqui você vai ao mercado e o pacoteiro, quando tem, por medo de perder o emprego ou ouvir merda do tipo “mais rápido, mais rápido” enfia pão, alface, tudo socado nas sacolinhas.

Tem coisas que são melhores outras nem tanto e tem coisas que são piores.

LiliX disse...

resumindo: vc AMOU Montreal e tá morrendo de inveja de quem tá lá!
hahahahahahahhahah
Zoando! :P
Ei....pediram meu passaporte...uhuuuuuuuuu té q enfim...te vejo....em Montreal!logico!
:P