sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Quebrando o silencio

E o silencio foi quebrado! Nao por mim, mas pelo alarme ali fora.
"Quando num predio de papaelão o alarme de incendio começa a tocar, só dá gente descendo pelos corredores afora." Mmmmmm.... sei não. Esse era um mito q eu ja havia escutado antes de vir para cá, mas nas experiencias anteriores q tive, nunca vi alguem antes saindo do predio que morava. E olha q meu antigo prédio era todo de madeira! Nesse aqui nessa semana escutei o alarme que é logo na frente de minha porta tocar, mas alguns segundos depois ja parou. Apenas um alarme falso.
Agora a pouco, o alarme começou a tocar novamente. Segundos se passaram e ele continuava. Fiquei de olho no "olho-mágico" (nao conheço outro nome para aquele buraquinho na porta) e nao via ninguem saindo, mas escutava passos... no anddar de cima, nos vizinhos... mas ninguem passava em frente a minha porta. Minutos se passaram, e como precaucao fui me vestindo para abandonar o navio.
Nenhum sinal de concierge algum para desligar aquela po
rcaria. Mais tarde fui lembrado q os unicos q podem desligar o alarme de incendio são os bombeiros. Entao, simbora!












Fomos saindo e peguei o caminho mais longo para ver se havia alguma fumaça.. cheiro de queimado... ou até mesmo algum bife mal passado. Procurava um sinal de que esse "passeio" nao seria em vão. Nada... Descemos com a pequena bolsa de emergencia (com algumas roupas)até a portaria e parecia q eramos os ultimos a chegar. Até os bombeiros ja estavam lá. A cara de tédio de quase todos... porem alguns poucos estavam conversando alegremente. Nada como uma reuniao social fora de hora! E que horas hein ?! 22:30hs... Bem, poderia ser pior, verdade.











Espera... espera... espera... e o alarme tocando, sem parar. Fui dar uma voltinha do lado de fora a -6C, afinal estava mais fresco q no meio daquela multidao. Vi varios moradores q nem sair de seus apartamentos fizeram.
Os bombeiros passearam pelo prédio, tb nao encontraram nada, e de tanto esperarmos sem nenhuma novidade, resolvi seguir a ideia dos sabios quebequenses que ficaram assisitndo TV e voltei para o conforto de meu lar. Acho q era tudo q o pessoal la embaixo precisava, de alguem puxando o comboio. Subimos e logo a multidao veio atras, fazer o mesmo.

No final o alarme parou depois de acredito meia hora tocando incessantemente, ninguem falou com certeza qual foi a causa do disparo, mas tenho minhas teorias, baseadas em meu profundo desconhecimento de sistemas de alarme de incendio, porem vou poupa-los disso :) O q importa é q nao foi dessa vez q tivemos de acionar nenhum seguro.





3 comentários:

Dani e CM disse...

Eu fico imaginando alguem que esquece algo no forno e queima, pense ...deve ser o caos chegar um bombeiro por uma comida queimada, ia ficar pe. da vida

Tudo de bom e feliz 2010

Danielle

Bea disse...

Uma coisa é certa: alarme falso ou não, a bolsa com pertences essenciais deve ser sempre levada. Documentos numa pasta, uma roupinha e escovas de dente! :)

De repente tem até outras coisas mais importentes, mas já pensou se um dia for sério e perder os documentos? Nem pensar!

Abraços!

Taty disse...

hahaha esse tipo de evento é bom pra solteiros... vai que conhece um vizinho/a gatinho/a lá no frio... ai as coisas podem esquentar hua hua hua