quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Simplificando as soluções

Essa história de limite de peso das bagagens ser diferente nos vôos domésticos e os internacionais é a nossa dor de cabeça do momento.
Desde que chegamos em Recife temos tido algumas discussoes, brigas, estresses, choradeiras relacionadas com o peso de nossas bagagens. A cada vez q fazemos uma nova limpeza, soluçoes malucas nao custam a aparecem. Sabiamos que precisariamos ir a algum lugar p/ pesar tudo p/ nao termos surpresas de excesso de bagagem. Onde fariamos isso? Claro.. farmácia era a resposta. MAs imagine só, chegar com um carro abarrotado de malas na farmacia, pesar uma mala, notar q ela estava acima do peso, voltar p/ o carro, re-arruma-la, voltar a pesar, voltar p/ o carro, re-arrumar, e repetir isso trocentas vezes ate descobrir a distribuicaco correta entre todas as malas a serem despachadas e aquelas que carregaremos nas maos. Inviavel.
Entao, hj resolvi acabar com a duvida do peso atual de nossas baganes e fomos comprar uma balança de banheiro (aquelas q nunca pesam nosso peso real...rs).
Nada como uma solucao simples p/ uma duvida nada complexa. Por 35 reais pegamos uma balancinha sem-vergonha lá no Carrefour e voltamos p/ casa pesar "nossas vidas".
Segue o resultado:

Minhas malas...
Minha mala, composta de 3/4 de coisas minhas e 1/4 de coisas da Anna: 20kg
Caixa dos patins: nao foi pesada, mas esta a uma galaxia de distancia dos 32kg
Minha mala de mao: 10kg


Malas da Anna...
Mala da Barbie (hauhauhauauhau): 30kg... no limite!
Mala de sapatos, botas, chinelos, bolsas (é mole ?!?!): 20kg
Mala de mão: 13kg


Até que estamos trabalhando dentro dos limites, mas ainda temos um quebra-cabeças pela frente para distribuirmos os pesos de forma q nao ultrapassemos os limites dos vôos nacionais.
Temos ainda quinta, sexta e o sabado p/ resolver isso. É tempo mais q suficiente.
Agora ja posso pensar em até levar o resto de nosso Syrop d'erable p/ irmos nos acostumando com o gostinho canadense no café da manhã, uns confetes pressurisados q a Anna quer comprar p/ o aniversario de minha mãe dia 27 em Terê, e mais alguns livros de receitas. Estamos mais tranquilos agora.

3 comentários:

F & M disse...

Hahaha!!!
A ansiedade faz parte, ainda mais depois de um tempo de espera tão grande, né?
Tudo vai dar certo!!! Nos vemos na Belle Province!!!
Um abraço!!!
F&M

Bruno Lucena disse...

kkkkkkkkk to morrendo de rir Luis, fiquei imaginando a situação, só faltou o cara da farmácia cobrar alguma taxa pelo uso da balança...quanto ao peso...devo lhe dizer que é normal as mulheres levarem mais coisas, por isso já estou me preparando para o que a Ana Flávia deve querer levar...deve ser ma situação stressantes e ao mesmo tempo engraçada...mas é isso ai...mas um passo nessa etapa tão dificil e ao mesmo tempo mais fácil....pq o visto ja esta na mao e a reta agora é final...mais uma vez...que dê tudo certo na chegada de vcs e nos ficaremos aqui na torcida...acompanhando tudo o que for postado... Abraços...e até breve

Bruno e Ana FlÁvia

Anônimo disse...

Eu vou dar uma dica que aprendi depois da minha primeira mudanca internacional. Nao da para levar uma mala SÓ com sapatos etc... por 2 motivos:
1- se essa mala extraviar voce fica soh com o sapato do pe e
2- sapatos (principalmente os femininos) ocupam muito mais volume em relacao ao peso do que outras coisas...
Assim, aprendi a forca, quando fui obrigada a parar no meio do aeroporto e redistribuir minhas malas, que as coisas mais pesadas vao nas malas menores (por mais que voce encha eh dificil ultrapassar o limite de peso por causa do tamanho - a nao ser que esteja levando chumbo) e os sapatos vao distribuidos em TODAS as malas. Assim, se uma mala estiver muito pesada fica melhor dividir o peso dela com a mala de sapatos e passar uns sapatos para a outra mala.
Agora soh viajo assim e nunca mais tive problemas...
Ah, outra coisa, apesar do limite de peso das malas de mao ser 10 Kg, ninguem pesa mala de mao. Eles implicam eh com tamanho. Se a sua mala tiver rodinhas nao se acanhe em ultrapassar os 10 Kgs...
beijinhos e boa sorte!
Sara