quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Aerolinhas Camarada

Foram muitos dias de quebra-cabeça com a preocupação de como fariamos para não ultrapassar a franquia nacional de 23kg por pessoa, voando de Recife ao RJ. Não adiantava, depois de muita re-arrumação entre nossas malas de mão e as que seriam despachadas eu ja estava conformado com o excesso de bagagem q acabaria morrendo no meu bolso. E eu só pensava... "o q não faço p/ nao ver uma mulher desesperada". Ok ok... se eu nao achasse q nao valesse a pena ja teria vetado, mas fui na esperança de nao termos de dispensar mais coisa além de tudo q ja haviamos dado.

Noite de domingo, dia 20/01, 23:30hs. Fomos bem mais cedo p/ o aeroporto p/ evitarmos de chegar no mesmo horario q todos os outros do nosso voo. Desta forma teriamos a chance de pegarmos o aeroporto mais vazio, e quem sabe um atendente menos sobrecarregado. Carreguei o corsa da tia da Anna com a mala da Anna no porta malas, além das duas malas de mao. No banco de trás foram uma tia da Anna, a avó dela e ela própria. No colo dela o note, uma bolsa de academia, e ao meu lado, como co-piloto foi minha mala, de cabeça-para-baixo para nao estragar o banco, e no chao estava a caixa com nossos patins. Claro... eu dirigindo ;)
Dois carrinhos no aeroporto foram suficientes para nossas bagagens. A Anna passou na Anvisa antes do check-in para trocar a carteirinha de vacinação dela por uma internacional. Como eu achei totalmente dispensavel, ja que faz uns 30 anos q nao tomo vacina alguma (exagero...rs) nem me preocupei com isso, pois sei q todas minhas vacinas estao atrasadas.
Fomos para a fila do check-in, era a hora da verdade.. quanto morrerá afinal? Espera... espera... e chega nossa vez. Pesa aqui... pesa ali, antes do veridito final chego para a simpatica mocinha e lanço : "please, tente ser camarada conosco. Estamos mudando de pais...". Antes mesmo q eu terminasse ela falou para nao me preocupar, com um sorriso. Ahhh... dia de sorte a vista!
Como q era mesmo? Franquia de 23kg p/ bagagem dispachada? Pois bem... a mala da Anna deu 32kg, a minha 26kg e os patins mais 10kg. Levamos cada um mais uma mala de mais de 10kg cada e fomos esperar no saguao de embarque das 23:50 ate a hora do embarque, as 2:30. Na hora de embarcarmos fomos barrados no portao 12. O rapaz q fazia a leitura dos bilhetes falou q nao poderiamos embarcar com as malas e tivemos de despacha-las. Retiramos os documentos, passaportes e coisas de vidro p/ nao termos o perigo de extravio e despachamos mais de 20kg... sem pagar o excesso de mais nada. Eita sorte absurda! Fazendo o balanço final, poderiamos despachar 46kg e acabamos mandando uns 96kg.

Chegamos no RJ e fomos atras de um taxi. O cara foi falando mal da sogra do aeroporto ate as Laranjeiras. Lá demos um tempo ate meus pais chegarem e seguimos p/ Teresópolis, e cá estamos! Totalmente isolados do mundo nessa chuva q nao para desde que chegamos. Diversao aqui? Até agora foi instalar um aquecedor a gás e ripar a coleçao de LPs de musica classica de meu pai. Inclusive essa ultima vai tomar boa parte dos dias q ficarei por aqui. Menos mal.. quem sabe assim eu enriqueço um pouco mais essa minha cabeça psicodelica q funciona a base de muito trance e post-punk.

E Janeiro esta no fim... Fevereiro vem aí.. la-laaa la-la-la-la!

3 comentários:

Bruno Lucena disse...

Olá...Luis&Anna, eita sorte arretada, meu filho nunca vi uma coisa dessas, que sorte danada hein? Mais um vez parabéns, foi muito divertido o seu post, eu e a Ana Flávia, ficamos morrendo de rir com a sua narrativa. Mais ma vez parabéns, por mais uma etapa vencida. Vamos juntos ao Canadá, estamos acompanhando vcs. Abraços.

Bruno Lucena

Nós4 disse...

Que saudades!!
Já estão fazendo falta, sabiam??
Envia um número daí, pra ligarmos pra vocês antes de embarcarem...
E que tudo continue dando MUITO CERTO pra vocês!!

Beijos dos amigos,

Dani e Hamilton

Fá e Sô disse...

Queridos,

Fiquei triste de não termos dado mais notícias...mas foi o fechamento da loja e nossa mudança, foi uma loucura. Mas saibam que estamos torcendo muito por vocês. Não abandonem o blog, pois assim ficaremos sempre sabendo das novidades.

Beijão e se precisarem de algo podem contar!

Soraia