sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Aderindo ao movimento dos sem-carro

Pois é, todos sabem q adoro o inverno, me divirto mais nele q em qq outra estacao. Porem isso nao é unaminidade aqui em casa, ha quem nao goste, e esse alguem é nosso carro. Nao adianta, toooodo inverno aparece um pepino diferente nele, quando nao dois ou mais, isso quando nao é reincidencia. Ja foi bateria dando adeus, barulhos que ninguem (mecanicos) consegue identificar, sistema "x" q para de funcionar, ou justamento o inverso...que foi o ultimo caso.


Ano passado (ou retrasado...sabe-se la!) o carro deu um problema no cabo da bateria. Enferrujou... oxidou...nao sei... foi para o espaço. Mandei trocar. Preço? 160 dolares, o mesmo preço de uma bateria selada nova. Ok... menos um problema. Tempos depois (ou antes, ja nao lembro mais) deu um problema no jato d'agua do limpador de parabrisas. Estavamos indo esquiar e logo q estavamos para sair fui dar uma esguichada no parabrisas e o jato nao parava mais, nem o jato, nem o limpador. Acabou o liquido e o limpador nao parava mais. Levei na hora mesmo ate a Canadian Tire. Apos um tempo de espera vieram com a boa noticia q era so um fusivel. Blz... uns 60 dolares de mao de obra e um dolar pelo fusivel. Tempos depois, leia-se um ano... ou dois o mesmo problema volta. Levo a outra Canadian Tire apos ter eu mesmo tentado localizar o tal "fusivel" sem sucesso. Deixo o carro la e vou seguir minha vida. Minutos depois, antes de chegar ao meu destino ja recebo a ligacao da Canadian Tire.


- Allo, missiê Luiz?


- Uì.


-Oia, teu carro tava com frio... Diz uma coisa seu moço, quando foi q trocaram o cabo da bateria?


Ah??? Eu nao havia comentado de bateria alguma... Qual a relacao?


- Bon, eu ne me lembro pas. Mé qué-est-ce-que-é a relacao da bateria com o limpador do para-brisa?


Segundo a explicacao q deram era uma "mousse" ou algo que poderia estar causando um curto-circuito e fazendo q o limpador nao parasse...ate que entrassem com o carro no calor. Ok, faz sentido. O carro entrando na garagem depois de alguns minutos voltou a fucnionar perfeitamente sem precisar de nehuma manutencao. Mais 50 dolares so para deixarem o carro no quentinho... A causa foi apenas frio? Mmmm.. Antes de dizer sim, e a tal pergunta da bateria? Qual a relacao? Minha teoria-da-conspiracao foi q viram o historico do carro, e notaram alguma coisa bizzarra. Por exemplo: eu quando estava tentando localizar por mim mesmo o tal fusivel notei q o relê que deveria controlar o mecanismo nao existia, e os contatos onde ele deveria ficar encaixado tb nao existiam, Foi abduzido? E como funciona sem o mecanismo q controla seu funcionamento? Provavelmente fizeram um bypass ou algum gato sem peças originais (ja q essa peça so pode ser comprada na concessionaria) e deram outra explicacao para a primeira vez q falhou. Resultado, o problema foi pago e so contornado. Agora ele esta de volta e nao foram claros pq realmente nao sabem a razao ou nao estao querendo me dizer o q de bizzarro foi encontrado.


É a segunda vez que fico com uma pulga atras da orelha quanto a transparencia dos serviços dessa turma. Outra vez foi em relacao ao cambio do carro. Ele é eletronico, ou seja, tem um computador q controla a troca das marchas. Um dia ele parou de funcionar, e so andava em primeira. Levei o carro la, e consertaram, so q quando eu trocava as marchas o painel acusava q todas as marchas estavam engatadas. (!!!) "...mas tem um probleminha pequeno que nao altera o funcionamento.." segundo a explicacao naquela epoca. Relevei mas quando ia voltar para pedir q verificassem novamente o tal probleminha, nem tive tempo, o problema voltou da mesma forma. Ainda estava na garantia e voltei la sem custo. O q me impressionou é q ja sabiam do meu caso (fui atendido por outra pessoa...) e o conserto demorou menos tempo e foi feito por completo com um prazo infinitamente menor e sem "detalhes". Minha teoria da conspiracao: deve ter faltado a peça, colocaram alguma que quebrava o galho so que ficou com esse "detalhe". Me despacharam com o carro funcional e enquanto isso a peça certa deve ter sido encomendada pois imaginavam q eu voltaria. Paranoia? Mmmm... pode ser.... mas achei estranho como as coisas aconteceram. E pq continuo voltando la? Pq antes a poderia ser so uma "pequena paranoia", agora se tornou uma paranoia, e antes q se torne uma GRANDE PARANOIA vou aderir ao movimento dos sem carro! É... communauto la vamos nos!


Para aderir ao communauto deve-se ter um historico de credito, um relatorio da associacao das seguradoras (obtem-se gratuitamente), um relatorio do SAAQ, fotocopias do permis de conduire, foto e 500 dolares sobrando na conta (no plano q pretendo me inscrever), fora o dinheiro do plano q vai aderir (a primeira anuidade). O mais demorado acabou de chegar em casa, que é o tal relatorio das seguradoras. Ja solicitei agora o outro relatorio ao SAAQ e estou no aguardo. Depois sera a vez de preencher o formularioo e esperar q seja aceito. Sendo aceito vou vender o carro e parar com essas visitas ao Canadian Tire, assim como parar com minhas doacoes de caridade aos mecanicos de la. Chega de sustentar essa turma! Com vida de estudante nem sempre cabe um carro no orçamento.



Um comentário:

Isa au Montreal disse...

Olá! Tudo bem?
Iniciaremos o processo de imigração em aproximadamente 2 anos e seu blog tem nos ajudado bastante!
Em julho deste ano iremos fazer um curso de francês em Montreal, estamos suuuper ansiosos!
Abraços,
Isabela.